sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Aparador Paulistinha homenageia cidade de São Paulo


Desenhada por Amélia Tarozzo, a pedido da Girona Design, peça apresenta ícone da cidade

As calçadas de São Paulo são marcadas por um desenho que já virou um símbolo da capital. O mapa estilizado do Estado em preto e branco é fonte de inspiração para a designer Amélia Tarozzo na criação do Aparador Paulistinha. A peça, encomendada pela Girona Design, faz parte de um projeto que visa a valorização e apoio aos designers brasileiros. "Selecionamos alguns profissionais que têm uma identidade muito próxima a da Girona Design, para que desenhem produtos a partir de um briefing da empresa, que produz e distribui estes móveis", explica Alessandra Delgado, diretora da Girona Design.

Poucos conhecem a história desse desenho. Em 1966, o prefeito Faria Lima decidiu padronizar os pisos da capital. Para isso lançou um concurso que decidiria qual o melhor desenho. A desenhista da Secretária de Obras de São Paulo, Mirthes Bernardes, criou o desenho despretensiosamente e chegou à final com mais cinco concorrentes. Ganhou o concurso. Nos anos seguintes a prefeitura pavimentou ruas e avenidas com a estampa criada por ela.


Exclusivo na Clami Design